.

quarta-feira, junho 30, 2010

Secção em lisboa


 A Secção de Basquete do Clube PT Coimbra esteve hoje na  Assembleia Geral da Portugal Telecom, no Centro de Congressos, em Lisboa, com uma representação de  Pais e atletas com a finalidade de entregar um documento aos Senhores Accionistas da Portugal Telecom, SGPS S.A. .
Na impossibilidade de efectuar a entrega do referido documento, uma delegação de pais deslocou-se á sede  da PT ( Picoas ) onde o conseguiu depositar  para que fosse entregue  ao Presidente do Executivo da PT,  Engº Zainal Baba
a noticia toda aqui

terça-feira, junho 29, 2010

Convocatória da Bruna Cunha

 
O colégio Calvão vai participar nos jogos da FISEC, fase internacional do desporto escolar, a realizar em França de 5 a 11 de Julho. A  nossa atleta Bruna Cunha está convocada para participar nos referidos jogos, em representação do Colégio Calvão.
Desejamos-lhe boa sorte.
 

Amanhã todos a Lisboa

Amanhã, dia 30, pelas 10:00H, uma representação dos atletas da modalidade de basquetebol do Clube PT de Coimbra, irão tentar entregar um documento aos Senhores Accionistas da Portugal Telecom, SGPS S.A. que irão estar reunidos em Assembleia Geral, no Centro de Congressos, em Lisboa.

Também, pelas 14:30H, uma representação da Comissão de Pais irá ter uma audiência com o Grupo de Trabalho do Desporto da Comissão de Educação e Ciência da Assembleia da Républica.

Vamos todos a Lisboa.
Saída às 6h45.
Transporte gratuito.
Leva o teu lanche.

Clube PT na Assembleia Municipal


O Coordenador da secção de basquetebol, Fernando Antunes , alguns atletas e pais estiveram presentes na assembleia municipal. O coordenador da secção foi o primeiro dos inscritos a usar a palavra para expor à assembleia o problema que todos conhecemos solicitando a intervençao da mesma no encontro de alternativas para o próxima época desportiva. Os representantes dos diversos partidos mostraram-se interessados e solidários. O presidente da camara voltou a criticar a atitude da PT, reinterou o seu apoio e o do vice-presidente e do vereador do pelouro do desporto na resoluçao do problema - disse que já havia alternativa mas não disse qual - e agradeceu a visibilidade que tem sido dada à questão por parte do clube.

Enquanto alguns atletas estavam com o Fernando na sala da assembleia outros aguardavam na entrada.
Foi engraçado - o presidente, o vereador, e outros funcionários da camara quando passaram reconheceram os atletas ( 9 jovens e dois cotas de camisola laranja claro). Houve mesmo quem perguntasse aos miúdos se já tinham pavilhão. Foi giro...

Venda de Pavilhão da PT Coimbra preocupa sociais-democratas

Deputados do PSD não compreendem o “crime social” que a PT se prepara para cometer e pedem intervenção ao Ministro da Presidência.
Os deputados do PSD querem saber se o Governo vai “usar a posição especial que detém na PT para impedir” que esta empresa aliene o pavilhão da PT Coimbra, “apenas por interesse económico e contrário à responsabilidade social que uma empresa como esta deve ter sempre presente e que tanto publicita”. Num conjunto de perguntas, entregue na Assembleia da República, os deputados perguntam ainda ao Ministro da Presidência “quais os mecanismos que o Governo vai utilizar para arranjar uma solução equilibrada para este problema”.
Segundo os parlamentares esta situação “não é benéfica para a juventude e para quem gosta de praticar desporto” e pode levar a que “cerca de duas centenas de jovens, praticantes da modalidade de basquetebol, com idades compreendidas entre os 5 e os 20 anos, em escalões de formação não remunerados, e que têm alcançado títulos inegáveis a nível regional e nacional” fiquem sem um local para a prática desportiva.
Os sociais-democratas citam “o grito pelo direito ao desporto” dos pais destes atletas que referem que: “no passado dia 9 de Junho, oito dias após o Dia Mundial da Criança, estas pessoas foram surpreendidas, da forma mais chocante, de que o sonho que tem acompanhado e levado à manutenção destes jovens na prática desportiva é atirado ao lixo porque o edifico foi vendido”.
Os deputados referem que “este equipamento não é apenas usado pelos basquetebolistas, há também crianças de escolas, idosos que utilizam o espaço” que a Portugal Telecom, que se prepara para obter a certificação internacional de responsabilidade social, pretende vender praticando, assim, um “crime social”.

12º Sarau

sábado, junho 26, 2010

quinta-feira, junho 24, 2010


a noticia aqui

(click na imagem para aumentar)
A noticia aqui

Parabéns Miguel

O Miguel fez anos, no passado 24 de Junho, e eu esqueci-me.
Desculpa Miguel e parabéns atrasados.


Ultima Hora

Esta tarde, em reunião com os Srs. Vereadores Barbosa de Melo e Luis Providencia, foi comunicada por estes, aos representantes da Comissão de Pais, da Associação de Basquetebol de Coimbra e representante dos clubes, a solução encontrada para a continuidade do basquetebol na proxima época.
O basquetebol está de parabéns.
Força rapazes o futuro é nosso.

Audiência


Comissão de Pais irá reunir com Comissão Parlamentar de Educação e Ciência.
(...)
"Incumbe-me o Senhor Coordenador do “Grupo de Trabalho do Desporto” da Comissão de Educação e Ciência, Deputado João Sequeira, de solicitar a presença de V. Exas., para a audiência solicitada que se realizará no próximo dia 30.Junho.2010, às 14h30, no Palácio de S. Bento."
(...)

PERGUNTA DA NOITE PARA O DIA


Qual a data em que foi publicada no Diário da República a alteração do PDM, para toda a zona do terreno do pavilhão e do estacionamento da PT, bem como a DREC, isso mesmo a DREC, para zona residencial com índice 3.7?

Deputados do PSD levam problema do pavilhão à Assembleia da Republica


Pode ler o documento todo aqui

Parabéns Roy


quarta-feira, junho 23, 2010

terça-feira, junho 22, 2010


Ler a noticia aqui

Apoio no sitio da Federação Portuguesa de Basquetebol


Consulte a noticia aqui

Comité Olímpico Português

( Clique na Imagem para Aumentar)

Clube PT em risco por causa da venda de pavilhão



João Pedro Campos

Cerca de 150 crianças e jovens basquetebolistas do Clube Portugal Telecom (PT) de Coimbra vão ficar sem pavilhão para treinar a partir de 1 de Julho. Em causa está a venda do espaço por parte da empresa. A autarquia afirma estar a ser negociada uma solução.

Foi-nos informado que, a 30 de Junho, por deliberação superior da PT, temos de abandonar as instalações. A 1 de Julho onde vamos treinar??, questionava ontem o coordenador da Secção de Basquetebol do Clube PT Coimbra, Fernando Antunes, aos mais de 100 atletas que se juntaram à porta da Câmara Municipal, para entregar um abaixo-assinado com mais de duas mil assinaturas.

O dirigente não critica a venda do pavilhão por parte da empresa. É uma entidade privada, faz do espaço o que quiser. Mas devia ver soluções para os jovens continuarem a praticar desporto, defende. Lembra ainda que a PT está em processo de certificação relativamente à responsabilidade social. Desta forma deve ajudar estes atletas, entende.

O fim do pavilhão da PT (situado na Rua General Humberto Delgado, próximo do Estádio Cidade de Coimbra) levou os dirigentes e atletas do clube a fazer ontem à tarde uma caminhada desde o recinto até à Câmara Municipal, onde uma delegação se reuniu com o vice-presidente da autarquia, João Paulo Barbosa de Melo. “Pensamos que a Câmara tem responsabilidade, porque só se constrói naquele espaço o que ela quiser”, considera Fernando Antunes, lembrando uma directiva camarária do ano passado, segundo a qual “a demolição do pavilhão só será ponderada se houver uma alternativa”.

Bom clima negocial

João Paulo Barbosa de Melo assegura que a autarquia está a trabalhar com a PT no sentido de arranjar uma solução, a curto e longo prazo. A curto prazo passa pelo aluguer de um pavilhão, a longo pela construção de um recinto numa zona semelhante à actual, devendo os custos ser partilhados entre a Câmara, a PT e eventualmente uma terceira entidade, defende. Destaca ainda que tem havido um bom clima negocial nas três reuniões que a autarquia levou a cabo com a empresa de telecomunicações. Vamos trabalhar com a PT e talvez com o comprador do terreno, anuncia.

A noticia pode ser lida aqui


RIMA E É VERDADE

Rui Pedro Soares até pode ser um fanfarrão…mas nunca disse a Carlos Encarnação…que lhe ia oferecer um Pavilhão.

(click na imagem para aumentar)

O Clube PT fez caminhada

(click na imagem para aumentar)

ler a noticia

Parabéns João


segunda-feira, junho 21, 2010

Obrigado a todos






Tomada de posição a favor do Clube PT


Ao Clube PT
Secção de Basquetebol


Tenho o prazer de vos enviar cópia do documento, entregue  hoje à Delegação do Clube PT que desfilou até à Câmara Municipal de Coimbra, no sentido de desbloquear o impasse relativo ao seu Pavilhão e com contou com o vosso prestigiante apoio.


Sem mais, e desejando votos de bom trabalho, queiram aceitar os meus melhores cumprimentos.
Abraço

Carlos Gonçalves
Delegado do Clubes do Distrito de Coimbra na
Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Basquetebol
Tlm. 917 555 666


"
NÃO QUEREMOS PERDER UM DOS NOSSOS

Os clubes abaixo indicados acompanham com alguma preocupação a situação vivida pelo Clube PT. Habituámo-nos, ao longo de quinze anos, a ver o trabalho desenvolvido por este Clube e a forma como tem prestigiado a modalidade. Esse trabalho levou a que o Clube PT tenha em actividade cerca de 150 jovens. O seu futuro está em risco. Sentimos, no dia a dia, a falta de competição para os nossos jovens, comparativamente com outros distritos, pelo que não podemos aceitar que nada se faça para evitar o fim do Clube PT. Não queremos perder um dos nossos.
Nesse sentido apelamos a todas as entidades envolvidas – Portugal Telecom, Câmara Municipal, Federação Portuguesa de Basquetebol, Associação Basquetebol de Coimbra, Instituto do Desporto de Portugal – para que encontrem uma solução a contento da continuidade em pleno da actividade do Basquetebol no Clube PT.



1º Subscritor: Carlos Gonçalves – Delegado dos Clubes do Distrito de Coimbra na Assembleia Geral da FPB;
 
Clubes subscritores:
Secção de Basquetebol do Lousanense
Ginásio Clube Figueirense
Secção de Basquetebol da Associação Académica de Coimbra
Olivais Futebol Clube
Sporting Clube Figueirense
Basquetebol Clube de Cantanhede
Clube Infante de Montemor
Departamento Basquetebol da Associação Naval 1º de Maio
Sampaense Basquete
Sport Clube Conimbricense


Testemunho dos atletas

Exmos. (as) Senhores (as):

 

            Somos um grupo de crianças, adolescentes e jovens que antes de todas as burocracias que “nos passam ao lado”, gostamos de praticar o nosso desporto de eleição: o basquetebol. Apenas isto nos interessa!

Mas a cidade de Coimbra não é a melhor para nos oferecer condições que culminem nesta prática, situação que se verifica com a existência de apenas três clubes (Académica, Olivais e PT). E ainda assim, “teimam” em querer acabar com o pequeno, mas não menos grandioso, Clube Portugal Telecom.

            Desta forma, queremos fazer “rugir” a nossa preocupação, a nossa revolta, a nossa tristeza, o nosso desalento. Aquele que poderia ser um futuro desportivo promissor, encontra-se em risco para muitos de nós.

O passado, esse, com toda a certeza, é nosso e ninguém nos poderá tirar! São memórias que permanecem vivas tanto para os mais velhos, como para os mais novos, apesar destes últimos ainda serem pequenos basquetebolistas em busca do seu trilho.

No entanto, algo em comum nos une. O basquetebol associado àquele pavilhão, juntou pessoas, criou amizades, ensinou bastante, ajudou a crescer e amadurecer, a criar valores e ideais para toda a vida…

            A maior preocupação que nos “trespassa e nos consome de agonia” é a grande possibilidade de ser dado um fim a este pavilhão/clube e abandonar a modalidade que durante tantos anos foi uma acérrima companheira, amiga e família.

Coimbra não arranjará lugar para mais quase 200 atletas noutros clubes, pelo contrário, destruirá sonhos, contribuirá para a devastação e esquecimento de mais um desporto que em tempos teve lugar assegurado no alto da tabela. A competitividade, essa, naturalmente limitar-se-á.

Todos temos a perder. E nós, atletas, seremos os mais prejudicados… Nós, que não queremos saber das “coisas dos adultos”, nós que muitas vezes pouco interesse mostrámos, manifestamos aqui a nossa profunda contestação. Não acabem com os nossos sonhos, não acabem com o que nos dá vida e alegria, não acabem com o nosso desporto, não acabem com a PT!

 BASQUETEBOL é a palavra de ordem para que esta situação seja resolvida e de preferência para o bem dos atletas, dos treinadores, da direcção e, naturalmente, de todos os amigos e família que nos apoiam. Só queremos que nos deixem fazer “passes de peito”, que nos deixem “defender à zona”, que nos deixem “atacar no cesto”, que nos deixem lutar pelas vitórias e fazer das derrotas um conjunto de lições.

 

SÓ QUEREMOS QUE NOS DEIXEM CONTINUAR A JOGAR BASQUETEBOL!

 

               

Agradecendo a sua colaboração e compreensão,

 

Os Atletas do Clube PT Coimbra, secção de Basquetebol.

 




(click na imagem pata aumentar)






domingo, junho 20, 2010

Torneio Interno


Torneio Interno - grande presença e animação

video video

TESTEMUNHO DOS TREINADORES

Vimos por este meio, demonstrar toda a nossa indignação com as noticias que têm vindo a público no sentido da alienação do pavilhão do Clube PT e da extinção do basquetebol. Não estando em causa o negócio propriamente dito, o que nos sobressalta é o facto de mais de 150 atletas, divididos pelos vários escalões de formação, feminino e masculino, estarem perante a possibilidade de deixar de praticar o seu desporto favorito.
Não esquecendo nunca, que muitos deles fazem parte do projecto há vários anos, tendo representado o Clube, a cidade e alguns deles a Selecção Nacional com orgulho, dedicação e devoção. Este trabalho que está a ser desenvolvido há 15 anos, constitui do ponto de vista social, educativo e desportivo uma mais valia para os jovens e para a própria cidade. Não havendo uma política desportiva escolar, adequada às exigências dos tempo de hoje, cabe aos clubes e instituições similares, desenvolver programas desportivos que retirem os jovens de comportamentos desviantes, do sedentarismo da vida moderna e de alguns comportamentos anti-sociais, cabendo aos treinadores, promover e desenvolver as capacidades cognitivas, sócio-afectivas e psicomotoras das crianças. Os pais, com a exigências laborais dos tempos modernos, não têm muitas vezes a disponibilidade necessária e suficiente para desenvolver e maturar este tipo de capacidades, sendo os treinadores nos clubes, e os professores na escola, os grandes aliados na educação das crianças. Só assim, com este tipo de parceria, se consegue que as crianças de hoje, sejam amanhã adultos responsáveis, equilibrados, competitivos e respeitadores.
É por isto, que para nós treinadores da secção de basquetebol do Clube PT temos olhado as notícias recentes como uma situação quase irreversível, “facto consumado”, sem que tenham sido esgotadas todas as possibilidades de viabilidade para que o Clube PT possa continuar com este projecto iniciado há 15 anos e que têm percorrido todo o País, dando à cidade e distrito, visibilidade com a participação das suas equipas nos vários campeonatos distritais, regionais e nacionais.
Gostávamos que as autoridades competentes olhassem para esta problemática como uma perda de todos, nomeadamente da cidade e dos seus munícipes. Tentando por todos os meios, evitar que os mais de 150 jovens sejam despejados na rua, não lhes dando a possibilidade de desenvolver as suas capacidades noutro local, sabendo-se de antemão que outras instituições desportivas da cidade, não têm capacidade de os absorver, bem pelo contrário. É lamentável que uma cidade com tão boa tradição no desporto, em vez de promover a construção de equipamentos desportivos, faça precisamente o contrário, acabe com os poucos que existem.
Vamos todos juntos dar uma resolução válida, objectiva e rápida ao problema. Da nossa parte, treinadores da secção de basquetebol do Clube P.T., a nossa disponibilidade para colaborar é total, esperamos sinceramente, que 15 anos de esforço e dedicação em prol dos jovens, do basquetebol e da cidade, não sejam enterrados sem dó nem piedade.

Com os melhores cumprimentos,

Os Treinadores do Clube PT:
Roque Afonso
Rui Dengucho
Nuno Rebelo
Luís Agostinho
Miguel Cunha
Fernando Lucas
Tiago Ribeiro
Diogo Duarte
Jorge Oliveira



Parabéns Joana


sábado, junho 19, 2010

Torneio Interno


(Clique na imagem para aumentar)

Parabéns Catarina


sexta-feira, junho 18, 2010

Aventar

O caso do Pavilhão da PT em Coimbra


Colocado por João José Cardoso em 11 de Junho de 2010

Uma das missões a que se dedicou Rui Pedro Soares na PT, nos intervalos dos Figos e das TVI’s, foi a de vender o património imobiliário da empresa. Desse património fazia parte o pavilhão da PT em Coimbra, onde cerca de 150 jovens praticavam basquetebol e outros desportos. Não faltava mesmo mais nada: não é pessoal que valha a pena aparecer nas campanhas do PS, e o tempo em que as grandes empresas se preocupavam com as colectividades formadas pelos seus trabalhadores já lá vai, até porque como é sabido a PT é uma pequena firma à beira da falência.

“Fomos todos apanhados de surpresa. Fizemos todos os esforços para negociar a nossa continuidade, mas com esta decisão de termos de abandonar as instalações até 30 de junho, parece quase a morte anunciada para a prática da modalidade para tantos jovens”, disse à agência Lusa Fernando Antunes, coordenador da secção.


Antes de ser obrigado a abandonar a administração da PT o homem deixou o negócio fechado. Entretanto a Câmara Municipal de Coimbra prometeu uma alternativa. Prometeu. Os meus caros concidadãos que queriam ajudar a promessa a tornar-se realidade podem assinar esta Petição Por um Pavilhão em Coimbra – “Há 15 anos por Coimbra, deixem-nos continuar a jogar Basquetebol”.

Publicado em http://www.aventar.eu/2010/06/11/o-caso-do-pavilhao-da-pt-em-coimbra/
PERGUNTA DA NOITE PARA O DIA - É verdade que o comprador do pavilhão da PT na Humberto Delgado está a responder no tribunal de Coimbra por causa de ter dado uns trocos à ACADÉMICA?

Publicado por osexoeacidade em 18 de Junho de 2010
(a noticia pode ser consultada aqui)


Administração da PTImobiliária não quis falar sobre o pavilhão

Duas administradoras da PT Imobiliária estiveram ontem reunidas com o vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra, durante cerca de uma hora. À saída, recusaram prestar declarações ao Diário de Coimbra acerca do processo de alienação do pavilhão da Rua General Humberto Delgado, com João Paulo Barbosa de Melo a garantir que a Portugal Telecom (PT) se compromete a apoiar a autarquia a assegurar a actividade desportiva do Clube PT durante o próximo ano, assim como a encontrar uma solução com vista a um novo espaço.
Sendo certo que o clube tem de abandonar o pavilhão até ao final do mês, já que há um comprador interessado para o local, o vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra relembra a «responsabilidade social» da empresa na tentativa de tranquilizar atletas, treinadores e encarregados de educação. As propostas do município já são do conhecimento da PT, que, dentro de dias, deverá emitir a sua posição, que João Paulo Barbosa de Melo acredita que passará sempre por assegurar a substituição do actual pavilhão, em condições que o autarca não especificou.
Em declarações ao Diário de Coimbra, o vice-presidente recordou que em Março de 2009 foi pedida à Câmara Municipal uma informação prévia do ponto de vista urbanístico sobre o terreno, perspectivando-se na altura, a construção de uma superfície comercial. O pedido foi indeferido por João Rebelo, que marcou uma «posição política» que o actual executivo mantém: «uma eventual demolição do pavilhão da Portugal Telecom só deverá ser ponderada desde que seja assegurada a sua substituição».
«A decisão da PT vender o terreno tem sempre a honrá-la a posição da Câmara Municipal», sublinhou Barbosa de Melo, com a certeza que as negociações «estão no bom caminho».
Recorde-se que na reunião de Câmara da passada segunda-feira, Carlos Encarnação afirmou que chegou a reunir com Rui Pedro Soares e Paulo Penedos para discutir as implicações da venda do pavilhão, no entanto, Penedos já veio desmentir que alguma vez se tenha encontrado com o presidente da autarquia para tratar do processo que envolve a alienação daquele espaço na Rua General Humberto Delgado.

Governador
civil “solidário”






Entretanto, quarta-feira, ao final da tarde, uma comissão de pais dos atletas da modalidade de basquetebol foi recebida pelo governador civil. Os pais começaram por lembrar que teriam a indicação de «construção de um novo pavilhão no Vale das Flores, junto aos Bombeiros Sapadores, devendo os atletas só abandonar o actual local de treinos aquando a conclusão do pavilhão prometido».
Na conversa, Henrique Fernandes «mostrou-se solidário, muito preocupado com o problema, manifestando o maior interesse na resolução rápida e adequada a estes cerca de 150 atletas», comprometendo-se a diligenciar junto da autarquia, do presidente do Clube PT de Coimbra, Maurício Carvalho, e direcção da Portugal Telecom.
Os pais não desistem, e, brevemente, deverão também entregar no município um abaixo-assinado pelo futuro do basquetebol do Clube PT.
(18 de Junho de 2010)


(click na imagem para aumentar)


quinta-feira, junho 17, 2010

O CLUBE PT NÃO PODE PARAR

Aos longo de quinze anos acompanhei a actividade do Clube PT.
Habituei-me a ver um clube preocupado com a formação de jovens e, em especial, com a promoção da modalidade. O que era no início um projecto simples, acabou, fruto da dedicação dos seus dirigentes, do empenho dos seus treinadores e atletas, por ser um projecto sólido e com provas dadas. São muitos os jovens – rapazes e raparigas – que ao longo dos anos passaram pela PT.
O basquetebol de Coimbra precisa do Clube PT. Para a vida da nossa modalidade é importante a existência de mais clubes e não o contrário. O Clube PT, actualmente com 151 atletas, é o terceiro clube do nosso distrito com mais atletas.
Por tudo isto é importante que o Clube PT tenha o seu pavilhão.
Apelo, pois, em primeiro lugar, à empresa Portugal Telecom para que veja o papel social aqui prestado e desenvolva todos os esforços para encontrar uma solução positiva, para um clube que tão bem a prestigiou e prestigia; em segundo, apelo à entidades oficiais para que se debrucem sobre este processo e ajudem a encontrar a única saída possível, porque o Clube PT não pode parar.

Carlos Gonçalves
Delegado dos Clubes do Distrito de Coimbra na
Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Basquetebol

(click na imagem para aumentar)

quarta-feira, junho 16, 2010

Bloco de Esquerda questiona governo

Pode ver o documento todo aqui

Leituras trocadas

O Sexo e a Cidade sabe que os camaradas do Bloco de Esquerda andam a investigar a jogada imobiliária que envolve a destruição do Pavilhão da Portugal Telecom, na General Humberto Delgado, em Coimbra. O chefe Louçã terá dado ordens para o inspector Pureza meter a brigada imobiliária em campo. Vêm aí mais uns Jardins do Mondego?

Retirado do blog osexoeacidade

Excelente!


Governador Civil de Coimbra recebeu comissão de pais, atletas e encarregados de educação da modalidade de basquetebol do Clube PT de Coimbra.
A comissão teve a aportunidade de esclarecer o sr. Governador sobre a realidade da actividade do Clube PT em Coimbra, do seu impacto social, muito mais que um clube/empresa, e da grande preocupação que os pais, atletas e encarregados de educação têm em relação às recentes noticias vindas a publico sobe a possivel alienação do pavilhão do clube.
O sr. Governador mostrou-se muito interessado e muito preocupado pelo impacto que uma decisão desta natureza poderá ter na responsabilidade social da cidade e da região.
A comissão agradece a disponibilidade do sr. Governador, a compreensão demonstrada ,e sobretudo, a motivação que a reunião motivou.
Muito obrigado.

Pavilhão da PT em Coimbra

BOLA NA 8 DE MAIO

A ordem de despejo do basquetebol do Clube PT continua a dar que falar. O Sexo e a Cidade sabe que a Federação Portuguesa de Basquetebol alertou o Secretário de Estado do Desporto, o Comité Olímpico de Portugal e o Instituto do Desporto de Portugal para o que está acontecer em Coimbra.

Entretanto, chegam notícias sobre alegadas pressões junto de para alguns órgãos de comunicação social, para evitar a produção de notícias sobre o fim do pavilhão da Humberto Delgado.

Segundo ouvimos num café em frente à Brotero, na próxima 2ª feira, pais e atletas vão à Câmara Municipal, com o objectivo de entregar um abaixo-assinado e tentar fazer com que a CMC cumpra o que terá prometido.

Publicado por osexoeacidade em 15 de Junho de 2010
a noticia aqui